O bicho do Pinheiro pode afetar o meu cão?

O “bicho do pinheiro”, também conhecido como “lagarta do pinheiro” ou “processionária”, é uma praga capaz de destruir cedros e pinheiros. Em Portugal, a processionária é cada vez mais prevalente devido às alterações climáticas. E não são só os agricultores que têm de se preocupar! O bicho do pinheiro pode afetar o seu cão! 

Se o seu animal de estimação teve contacto com a processionária, procure um veterinário no porto ou um veterinário em lisboa imediatamente. Trata-se de uma urgência veterinária!

A lagarta do pinheiro tem pelos urticantes – isto é, em forma de picos, como “urtigas” – por todo o corpo. Quando um destes pelos entra em contacto com outros animais, pode causar uma reação alérgica que pode ter consequências muito graves. Conheça os sintomas provocados pelo contacto do bicho do pinheiro com os animais: 

  • Alterações nos locais de exposição;
  • Inflamação da boca, língua e lábios; 
  • Inflamação das pálpebras e úlceras na córnea;
  • Inflamação da cavidade nasal. 

Se o cão não for socorrido a tempo, pode perder parte da língua ou parte dos lábios. Nos casos mais graves, pode mesmo levar à morte por asfixia.

Qual é o tratamento para a alergia à processionária?

Atualmente, não existe nenhum antídoto para a intoxicação pela lagarta do pinheiro (processionária). Por isso, o tratamento é sintomático. Quanto mais depressa agir, menos sobrecarrega o sistema imunitário do seu animal de estimação e mais conforto lhe consegue proporcionar. 

Como prevenir a lagarta do pinheiro (processionária)?

Face ao que explicámos acima, o melhor tratamento é mesmo a prevenção. Veja aqui quatro cuidados que deve ter para evitar o contacto do seu cão com a processionária: 

  • Tenha especial atenção no outono e na primavera
  • Evite passear o seu cão em zonas com pinheiros
  • Se tem um jardim, aplique iscos ou inseticida para a lagarta
  • Na dúvida, lave a zona afetada com água abundante

Já agora, tenha em atenção que muitas pessoas também têm uma reação alérgica à processionária. Se, tal como o seu cão, entrou em contacto com a lagarta do pinheiro, contacte um médico. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s