Como enviar bens à sua família durante a quarentena

Mesmo perto, estamos longe. A quarentena faz com que seja mais difícil cuidar dos nossos familiares e amigos. Mas se não pode sair de casa ou pôr a sua família em risco através do contacto próximo, deixamos aqui três alternativas para enviar bens durante a quarentena. Sejam compras de supermercado, produtos de farmácia ou qualquer outro objeto, há sempre uma solução!

Estafetas & Serviços de Entrega

Esta pode ser a única opção para quem vive fora do Grande Porto e da Grande Lisboa. Com a Fixando, consegue procurar estafetas e serviços de entrega em qualquer código postal e receber até 5 orçamentos. Também é uma boa opção para enviar encomendas maiores (que não cabem num saco ou num Glovo!) sem se pôr a si ou à sua família em risco. 

We Move It

A “we move it” é uma iniciativa da LUGGit, uma das empresas que se juntou ao movimento tech4COVID19. Consiste em pedir a “keepers” para levarem bens a amigos e família dentro do Grande Porto e da Grande Lisboa. Pode enviar prendas, bens alimentares, produtos de farmácia ou o que for necessário por uma taxa simbólica de 2.50€ (que revertem totalmente para o keeper/condutor) por saco. 

Glovo

Nas cidades em que existe Glovo (Grande Lisboa, Grande Porto, Braga, Coimbra, Covilhã, Faro, Funchal, Guimarães, Ponta Delgada, Setúbal, Torres Vedras, Vila Real, Viseu, Marinha Grande e Leiria), pode pedir um estafeta para ir do ponto A ao ponto B por 6.90€. Deixe o objecto a recolher à porta (para evitar contacto com o estafeta) e dele deixará à porta do destinatário. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s