Se não sabe, não invente: cortar o cabelo em casa!

Se não sabe, não invente: cortar o cabelo em casa!

Se procurar “cortar o cabelo em casa” no Google, encontra rapidamente dezenas de artigos publicados em 2020, durante a primeira quarentena. Se entrar no TikTok, vai encontrar dezenas de “truques” para cortar o cabelo em casa. O YouTube está cheio de tutoriais. Mas, se já tentou cortar o cabelo em casa, responda com sinceridade: ficou como estava à espera? 

Provavelmente não. E porquê, se fez tudo exatamente igual ao vídeo? Porque o seu corte original não era igual ao da pessoa que fez o vídeo. A textura do cabelo é diferente. Porque não tem a tesoura adequada para cortar o seu cabelo. Porque um espelho não é o suficiente para cortar bem a parte de trás. Ou simplesmente porque a sua mão não está treinada para cortar uma linha direita e, na franja, todos os erros são fatais. 

Cortar o cabelo com num cabeleireiro é seguro

É verdade que é difícil manter o distanciamento num salão de cabeleireiro ou numa barbearia. Mas, se tem receio de ir ao cabeleireiro por causa da Covid-19, contacte o salão para fazer uma marcação prévia. Ainda há muitos cabeleireiros e barbearias a funcionar apenas por marcação! No caso de ter disponibilidade, tente marcar o corte ao início do dia, para não ter de ficar à espera e evitar o contacto com outros clientes. 

A outra alternativa é contratar uma cabeleireira ao domicílio. Há diversos profissionais de cabeleireiro e maquilhagem que se deslocam até à sua casa. Desde que o profissional leve máscara PFF2 (máscara “bico de pato” ou KN95), o risco de contágio é muito baixo. Usar a máscara previne o contágio quase em 100%, mesmo que o profissional precise de se aproximar. Sem máscara, o risco de se infetar sobe para 90%.

Cortar o cabelo em casa poupa dinheiro?

Por outro lado, talvez esteja a pensar cortar o cabelo em casa para poupar dinheiro. Nesse caso, recomendamos que compare até 5 orçamentos de cabeleireiros e barbeiros na Fixando e descubra o que lhe oferece a melhor relação custo-benefício. Muitos dos nossos profissionais também oferecem serviços ao domicílio. 

Lembre-se que o cabeleireiro ou cabeleireira tem formação na área, anos de experiência e equipamentos profissionais, o que tem de ser recompensado. Mas, em troca, fica com um bom corte. Opte por um corte que seja fácil de manter em casa (por exemplo, um corte que consiga manter durante 3 a 4 meses, cortando só ao comprimento em casa) e desfrute do seu investimento durante mais tempo. 

Geralmente, os cortes curtos exigem mais manutenção ao longo do tempo. Por isso, o ideal é um corte médio ou mais comprido, que respeite os movimentos naturais do seu cabelo, para não perder tempo a alisar o cabelo em casa ou a modelá-lo todas as manhãs. Antes de se vir embora, pergunte ao profissional se tem alguma sugestão para o styling do dia-a-dia, especialmente se tem cabelos secos ou encaracolados. 

Se não sabe, não vale a pena ver-se todos os dias ao espelho com um corte de que não gosta. Confie nos especialistas da Fixando! 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s