Se não sabe, não invente: com a eletricidade não se brinca

“Com a eletricidade não se brinca”. De certeza que já ouviu isto muitas vezes. Mas, quando procura informação no Google, parece tudo não simples, não é? Instalar uma tomada, um interruptor, puxar uma segunda tomada.. Não pode ser assim tão difícil!

Antes de mais nada, vamos relembrar porque é que não deve inventar com a eletricidade nem “brincar com o fogo”. Todos sabemos que tem riscos, mas olhar para as estatísticas da Associação Portuguesa de Segurança e do Diário Bombeiro dão mais peso às recomendações que sempre ouvimos:

  • a maioria dos incêndios em Portugal são incêndios urbanos;
  • fumar, problemas com aparelhos elétricos e cozinhar são as principais causas dos incêndios domésticos, o que significa que a principal causa de incêndios urbanos são os erros humanos;
  • 73% dos incêncios com feridos e 86% dos incêndios com vítimas mortais acontecem em habitações.

Como instalar uma tomada ou interruptor

As tomadas partem-se, deixam de funcionar, ficam velhas e desactualizadas. Enfim, quase todos nós já tivemos uma tomada em casa que precisava de arranjo. Se quer aventurar-se a instalar uma tomada, que é um dos trabalhos de eletricidade mais fáceis de executar, siga estes passos:

  1. Corte a eletricidade para evitar o risco de eletrocução.
  2. Verifique se tem todos os materiais necessários: não se esqueça de confirmar a espessura dos cabos! 
  3. Remova o espelho da tomada com a ajuda de uma chave de parafusos. Algumas pessoas têm o hábito de fazê-lo com os dedos, especialmente porque a eletricidade está desligada, mas tente primeiro com as ferramentas.
  4. Se o mecanismo interior também estiver avariado, desenrosque o parafuso central. 
  5. Agora, ligue os cabos ao borne correspondente da nova tomada. Deve certifica-se que estão bem fixos (caso contrário, a tomada pode sobreaquecer e incendiar).
  6. Coloque tudo dentro da caixa da tomada, certifique-se que os parafusos estão no sítio certo e alinhados (isto é, sem torcer os cabos). Volte a aparafusar corretamente, coloque a tampa da tomada e volte a ligar a eletricidade.

O processo de trocar o interruptor é muito semelhante: basta desligar a luz, tirar a capa do interruptor, voltar a ligar os cabos, colocar o novo interruptor e voltar a ligar a luz. A única diferença é se precisar de trocar um interruptor duplo, que liga e desliga em sítios diferentes, porque as ligações terão de ser feitas de outra forma.

Mas, se não sabe, não invente! 

Poupe horas à procura de informação online, horas de dúvidas a tentar perceber se substituiu bem o interruptor e a tomada, e até potenciais acidentes! Procure um eletricista no porto ou um eletricista em lisboa com a ajuda da Fixando e deixe que os profissionais tomem conta do assunto. Se ainda está na dúvida, pode consultar aqui os preços de serviços de eletricistas

No caso do seu trabalho ser mais complexo e exigir, por exemplo, alterações no quadro elétrico (como passar de trifásico a monofásico, por exemplo), instalar fio terra em sua casa, renovar completamente a instalação elétrica ou fazer uma nova, dê preferência a um eletricista certificado

Os técnicos responsáveis por instalações elétricas registados na Direção-Geral de Energia e Geologia (DGEG) têm concluir um curso profissional e prestar provas na DGEG antes de conseguir a carteira profissional, por isso esta distinção oferece-lhe um pouco mais de segurança na hora de escolher o profissional certo para a sua casa. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s