Se não sabe, não invente: colocar pavimento em casa

Tanto o pavimento flutuante como o pavimento laminado com um sistema de encaixa ou “click” são conhecidos precisamente por ser fácil de colocar. Ao contrário de outros pisos, como os tacos de madeira mais clássico ou os azulejos, não precisa de cimento-cola nem de argamassa para preencher as juntas. Aliás, até o pode colocar por cima de outro piso, desde que esteja nivelado! 

Por isso, talvez se sinta confiante e capaz de aplicar o pavimento sozinho… mas será que devia?  Deixamos aqui 6 perguntas para pôr a mão na consciência e decidir se está ou não preparador para colocar um pavimento flutuante em sua casa:

  • Colocar os rodapés: é verdade que pode colocar o piso flutuante por cima de um piso já existente, mas a maioria das vezes isso implica retirar os rodapés e voltar a colocá-los. Será que o seu conhecimento de carpintaria é o suficiente para mexer nos rodapés? 
  • Deixar folga: um erro que até muitos profissionais cometem é não deixar folga suficiente entre a madeira e as paredes, porque a madeira incha com as mudanças de temperatura. Para não ter de levantar o pavimento que acabou de colocar assim que comece o calor, confirme a quantidade de folga necessária para o piso que comprou. 
  • Nivelar o chão: se o piso original estiver aos “altos e baixos”, está desnivelado. Nesse caso, precisa de retirar o pavimento antigo e nivelar o chão. Embora haja muitos vídeos online sobre como nivelar o piso (também conhecido como “regular o piso” em Português do Brasil), confirme se tem todas as ferramentas e o conhecimento necessário para nivelar o chão. 
  • Orientação do pavimento: tal como a folga, nem todos os profissionais acertam com a orientação do pavimento. É por isso que precisam de utilizar perfis entre diferentes compartimentos. No entanto, se planear bem e mantiver a melhor orientação por toda a casa, o pavimento fica alinhado e não precisa de perfis. Já agora, se for preciso, sabe encaixar um perfil?
  • Escolher o pavimento flutuante ou pavimento laminado: sabe qual é a diferença entre um flutuante e um laminado? Entre um pavimento AC3 e um AC5? A Deco tem um guia sucinto sobre como escolher o melhor pavimento flutuante para a sua casa. Também se pode aconselhar com o vendedor da loja, claro, embora seja seja preferível ter a opinião de um profissional.
  • Materiais: já calculou a quantidade de pavimento que precisa? Dispõe de todo o material necessário para instalar o pavimento, como o martelo, a serra vertical, o serrote de esquadria, os calços, o ferro em S, o esquadro, a fita adesiva, a fita métrica, o lápis e o material de segurança?

Se não sabe, porquê inventar? Contrate um profissional através da Fixando e deixe o pavimento de sua casa para quem tem experiência.

Encontre aqui instaladores de pavimento flutuante no Porto e instaladores de pavimento flutuante em Lisboa. Se vive noutras zonas do país, não hesite em procurar um especialista em pavimentos através do seu código postal. A Fixando tem especialistas qualificados em todos os distritos do país prontos a responder aos seus pedidos!  

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s