Entrevista a Marco Pereira – “Se não existir prazer no que se está a fazer, o resultado é catastrófico”

Entrevista a Marco Pereira – Fotografo Profissional, Inscrito na Fixando.

Leia atentamente toda a entrevista e fique a conhecer um pouco mais sobre o Marco Pereira e a sua experiência no mundo do treino canino. 💪

1-Desde quando e onde começou a sua carreira de treinador de cães?

A minha carreira começou em 2019 quando decidi formar-me em Etologia canina na Academia CCVL ( Centro Canino de Vale de Lobos).

2-Em que momento e porque decidiu tornar-se num treinador de cães?

Há muito tempo que tenho esta paixão por animais e desde sempre segui programas e livros sobre treino canino. Trabalhava numa área onde era responsável de secção e os 16 anos de carreira quase me levaram a um Burnout emocional sendo que decidi parar e mudar de ramo. Foi em casa que percebi que os cães me poderiam ajudar a resolver o problema emocional pois quando estava em contacto com eles não sentia nem stress nem ansiedade, daí decidi que tinha de começar uma missão de retribuição de bem-estar para com eles.

3- Na sua opinião, qual é a maior dificuldade que encontra na sua profissão?

A incompreensão dos donos. Nós, pessoas ainda não conseguimos entender que o cão tem características genéticas próprias e que tem necessidades que tem de ser saciadas e por vezes cometemos o erro de os humanizar, sendo que não é isso que os preenche e depois é difícil explicar aos donos que há atitudes e comportamentos que devem ser mudados para bem da relação entre ambos

4-O que considera mais importante para se ser um bom treinador de cães?

Em primeiro lugar a paixão pelo que fazemos. Ao lidar com cães, se não existir prazer no que se está a fazer, o resultado é catastrófico pois não se vê evolução nenhuma no animal. Depois a compreensão para com os donos, há pessoas mais receptivas a nossa ajuda e outras nem tanto, mas devemos encontrar sempre a maneira correta de satisfazer as necessidades dos donos e dos animais. Outro ponto importante é saber lidar com a frustração, quer a nossa (treinadores) quer a dos donos do animal. 

Por último a humildade, reconhecer as dificuldades e pedir ajuda aos nossos colegas de profissão creio que é uma mais valia..

5- Sabemos que normalmente educar um cão não é tarefa fácil que conselhos daria às pessoas lá em casa?

Penso que acima de tudo e como referi, é importante as pessoas perceber que o cão é um animal com origens selvagens e que segue muito os seus instintos. Não tornar o cão num humano e respeitar as suas necessidades é fundamental. Passear, socializar, treinar, brincar, carinho na hora certa e conforto são essenciais. 

6- Há quanto tempo está inscrito na Fixando?

Estou na Fixando a cerca de 1 ano e meio

7-A Fixando tem ajudado a desenvolver o seu negócio?

Bastante! Graças à Fixando foi possível mostrar o meu trabalho prático e aos poucos ser conhecido através das referências de clientes obtidos na Fixando.

8-Em que momentos sente que a Fixando é uma mais valia?

Sempre. A Fixando disponibiliza quer a clientes quer a profissionais a oportunidade de se darem a conhecer o que é ótimo, mais eficiente até que as redes sociais, site etc.

Biografia: 

Marco Pereira, 38 anos.

Proprietário da empresa: Reino das Peripécias Caninas (2018)- Treino de obediência básica e avançada, terapia comportamental, nutrição, saúde e profilaxia, desde 2019.

” Cuide deles, (dos cães) que eles cuidam de si.”

Facebook | Instagram

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s