Jantar de Natal queimado? Se não sabe, não invente

Há uma primeira vez para tudo, até uma primeira vez para ser o anfitrião do jantar de Natal. Mas, para os principiantes em ementas natalícias, a tarefa não é assim tão simples! A maioria das receitas de Natal carregam um significado tão grande que tem de praticar e aperfeiçoar os seus dotes culinários para não desapontar os comensais. 

O bacalhau da Consoada tem estar no ponto de sal. O peru não pode ficar seco. Será que o seu tronco de Natal é tão bom como o lendário tronco que a sua tia costumava levar todos os anos? As rabanadas estão à altura das expectativas? Qual é o melhor pão para as rabanadas? Definitivamente, não é o dia para inventar.

Então, qual é a solução? A primeira, claro, é pedir as receitas familiares e experimentar prepará-las nos dias que faltam até ao Natal. Procure praticar com quantidades semelhantes às que terá de usar nos dias 24 e 25, e controle o tempo que precisa para executar cada uma. 

No caso de não conseguir ter tempo para experimentar as receitas, ou de ainda trabalhar na tarde de dia 24, comece a repensar os seus planos. Será um bom plano cozinhar “à pressa”, sem espaço para imprevistos? Talvez não. Pode ser preferível passar ao plano B: encomendar a comida num restaurante ou numa confeitaria local, por exemplo.

Se este segundo plano também não lhe agrada, porque a comida pode parecer “pouco fresca” ou do “dia anterior”, ainda há outra opção: encontrar um catering ao domicílio na Fixando. Em vez de inventar, deixe a ceia mais importante do ano na mão (e nas panelas) de profissionais de cozinha ou de um chef.

Esta opção tem ainda outra vantagem: libertar os anfitriões dos deveres na cozinha. Não é raro que os anfitriões passem todo o dia na cozinha, a preparar o prato seguinte ou a lavar loiça. Ao eliminar metade do trabalho, vai desfrutar muito mais da refeição e do dia junto dos seus familiares e amigos, especialmente depois de um ano de isolamento. 

Só tem de se esmerar na decoração natalícia e arranjar uma mesa elegante. Escolha os copos, o serviço de loiça e os talheres, prepare um centro de mesa com plantas alusivas à época (como o azevinho ou o alecrim), acenda algumas velas aromáticas e deixe que todos os convidados “respirem” Natal mal entram na sua casa.

No entanto, recorde-se que os profissionais pagam para lhe enviar um orçamento. Por isso, se está apenas a ponderar a hipótese de contratar um catering ao domicílio, consulte os preços de um catering ao domicílio. Obviamente, estes são apenas preços médios e o preço final vai variar consoante o tipo de comida que prefere, o número de convidados, etc.

De qualquer forma, as nossas páginas de preço para todo o tipo de serviços podem servir como ‘baliza’ para decidir se é uma opção que encaixa no seu orçamento para esta ceia de Natal. De resto, lembre-se que profissionais da Fixando cobrem todo o território nacional! De certeza que vai encontrar vários orçamentos na sua cidade.

Não sabe demolhar o bacalhau? O seu peru fica sempre seco? Os sonhos de Natal são um pesadelo? Se não sabe, não invente. Procure uma das alternativas que lhe sugerimos e tenha a mesa posta, com comida absolutamente deliciosa, para a sua ceia e almoço de Natal.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s