Como envernizar as madeiras em 3 passos

Muitos de nós já se aventuraram a pintar a própria casa. Por isso, é tentador olhar para as madeiras e pensar… “porque não pintar e envernizar a madeira?”. À primeira vista, é uma tarefa com um grau de dificuldade semelhante. No entanto, as aparências enganam! Envernizar as madeiras é um trabalho bastante mais técnico, que exige mais cuidado e mestria. 

Como envernizar as madeiras em 3 passos

Fase 1: diagnóstico

Em primeiro lugar, precisamos de fazer um exercício de diagnóstico. O que levou à deterioração da madeira e da pintura anterior?  Foi o desgaste natural da luz do sol, ou a exposição à humidade, pragas de insetos, ou fungos e bolores? A madeira está em bom estado ou tem fendas? No caso de a madeira ter fungos e bolores, precisa de tratar esse problema com um antifúngico antes de pintar. Se tem fendas, precisa de as preencher antes de prosseguir.  

Fase 2: preparação de superfície

Antes de pintar, ainda tem de preparar a superfície. Limpe bem a madeira para retirar restos de gordura, cera, poeira e sujidades que possam riscar a madeira. Normalmente recomenda-se lixar a madeira – pode utilizar uma lixa de papel de grão médio, que consegue encontrar em qualquer loja de bricolagem ou drogaria – e sempre o sentido da madeira. 

No caso da madeira ter resquícios de tinta ou verniz, a lixa pode não ser o suficiente para os eliminar. Nesse caso, pode experimentar utilizar um decapante para remover a tinta e o verniz. Finalmente, se a madeira tiver resina, deve usar um solvente próprio para remover a resina e escovar a madeira com um material apropriado. A partir daqui, deve tratar a madeira como se fosse natural.

 Fase 3: envernizar a madeira

Envernizar a madeira é a última fase do processo. Consoante o tipo de acabamento que pretende, com poros fechados ou abertos, pode ainda precisar de aplicar um tapa poros. O tapa poros pode ajudar a regularizar a superfície e dar um acabamento perfeitamente liso. Em relação aos vernizes, os vernizes com compostos poliuretanos resistem mais à abrasão, à água e às temperaturas mais elevadas.  

Na aplicação do verniz, deve ter cuidado a envernizar as arestas. Espere que o verniz seque, volte a limar, e aplique a próxima demão. Se de repente começou a achar que pintar e envernizar a sua própria madeira talvez não seja assim tão boa ideia, não se preocupe. Se não sabe, não invente: estamos aqui para si. Procure aqui um pintor de portas na Fixando ou mesmo serviços de carpintaria. É mais fácil fazer bem logo de início do que remediar… e as suas madeiras agradecem!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s