Se não sabe, não invente: plantar árvores e jardins

Diz-se que a realização pessoal só se consegue quando se “tem um filho, se escreve um livro e planta uma árvore”. Então, como assim, não posso plantar árvores? Calma, claro que pode plantar uma árvore. Mas se souber o que está a plantar. 

Afaste-se das plantas invasoras

Sabia que muitas das árvores que se plantam são espécies invasoras? As acácias, as mimosas tão floridas e tão cheirosas, os fetos, o eucalipto, as hortências, a figueira da Índia e a uva-dos-passarinhos são apenas alguns exemplos de plantas que já todos vimos em jardins. Se vir esta lista de espécies invasoras em Portugal, garantimos que vai ter uma enorme surpresa. 

As espécies invasoras são espécies provenientes de outras zonas do mundo, que foram introduzidas no nosso ecossistema e que se conseguiram adaptar. No entanto, com o tempo acabam por colonizá-lo e ameaçam as nossas espécies autóctones. De acordo com as Nações Unidos, as espécies invasoras são a segunda causa de perda de biodiversidade no mundo.

Aprenda a cuidar da planta

Depois, mesmo assumindo que não planta nenhuma espécie invasora inadvertidamente, precisa de saber como cuidar da planta. É certo que sites como o Colvin, por exemplo, indicam o grau de dificuldade para cuidar da planta. Algumas são resistentes e adequadas até para “principiantes”, porque precisam de pouca água e poucos cuidados. 

No entanto, precisa de saber qual é o melhor local para ter a planta (com exposição solar ou protegida do Sol? É preciso mudar ao longo do ano). E, se quiser plantar numa varanda ou num jardim, também precisa de saber como controlar as pragas. As pragas exigem cuidados todos os anos e, tal como nas plantas, há cada vez mais pragas exóticas que ameaçam os ecossistemas. 

Além disso, há questões ainda mais técnicas, como escolher o melhor substrato. (Spoiler alert: não basta regar.) A maioria das plantas pede um substrato rico em matéria orgânica, com um alto teor de nutrientes e o pH adequado. Mas, como a planta vai consumindo os nutrientes ao longo do tempo, tem de ir o renovando e adubando.

Informe-se bem sobre cada espécie que planeia plantar para conhecer as necessidades de casa planta. Recapitulamos: precisa de muita ou pouca hidratação? Onde a deixar no inverno, quando há menos Sol? Ou precisa de a resguardar no Verão, quando há exposição solar em excesso? Qual é o melhor substrato? Que pragas a podem afetar?

Se não sabe, não invente

Portanto, plantar uma árvore ou um arbusto é bem mais do cavar um buraco com 50 cm ou escolher um vaso. (Se não nem sabia a profundidade com que deve plantar uma árvore, ou quando é que é preciso uma estaca, então comece do princípio. Veja aqui o passo a passo sobre como plantar e cuidar de uma árvore.)
Felizmente, não tem de se preocupar com nada disto. Pode procurar jardineiros na Fixando ou, se estiver empenhado em construir um jardim fácil de cuidar e sem plantas invasoras, um serviço de arquitetura paisagística. Clique aqui para encontrar especialistas em paisagismo no Porto e especialistas em paisagismo em Lisboa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s