Se não sabe, não invente: estofar sofás 

Sabe aquele banco que tem em casa há anos e que nunca deitou fora, mas que já é basicamente só madeira? Ou então o seu gato entusiasmou-se com o sofá… Ou quer mudar a decoração e a cor da poltrona já não combina. Seja qual for o motivo, é muito fácil renovar os seus sofás, poltronas ou mesmo cadeiras estofadas. Não faltam vídeos DIY no YouTube!

Portanto, basta escolher um tecido, voltar a colocar enchimento se necessário, agrafar tudo no fim e… como novo! ​​🤓 Será? Será mesmo assim? Infelizmente, nada é tão simples quanto parece, pelo menos se quiser ser perfeccionista e ter uma nova decoração absolutamente irrepreensível.

Como estofar um banco ou um sofá?

O primeiro passo para estofar o sofá é desmontá-lo. Precisa de separar o recosto de trás do assento, de modo a conseguir estofar cada uma das almofadas. Dependendo do modelo, pode precisar de ferramentas próprias para o fazer. Depois, pode remover o tecido e o enchimento originais. É uma boa ideia tirar fotos do passo a passo, já que depois não vai ter instruções para o voltar a montar.

Quando estiver tudo reduzido à estrutura do sofá, tire as pedidas exatas para o enchimento e para o tecido. É importante que tenha cuidado ao cortar tanto a espuma como o tecido para que o arranjo dure muito tempo e pareça o enchimento original do sofá. 

Comece por colocar a espuma e depois tente que o tecido fique tão justo à espuma quanto possível. Pode começar a agrafar às bordas, mas é preciso atenção nos cantos (tanto nos cantos angulares como nos arredondados). Muitas vezes, é nos cantos que se nota a perfeição do trabalho! 

Se for um sofá com uma almofada para cada lugar, também vai precisar e costurar cada uma à medida. Dependendo do tecido, este passo pode ser mais fácil ou mais difícil: os tecidos de algodão são os mais fáceis de costurar, enquanto as peles exigem mais know-how. Se tem uma máquina de costura, certifique-se que tem as agulhas certas para um tecido grosso. 

Finalmente, tem de voltar a montar o sofá e juntar o assento com as costas. Se tirou fotos antes, este passo é bem mais simples! 

Vale a pena contratar um estofador?

Agora, reveja cada um dos passos e pense:

  • Sabe onde arranjar quantidades de tecido suficientes e um tecido resistente o suficiente para um sofá?
  • Sabe como cortar tecido e como costurar as capas para as almofadas, caso seja necessário?
  • Tem todas as ferramentas para montar e desmontar o sofá?
  • Está confiante na sua capacidade de fazer os cantos e usar um agrafador?
  • Tem espaço em sua casa para separar todas as partes do sofá?

Se está com dúvida em alguma destas perguntas, não invente. Vá à Fixando e encontre um estofador profissional. Encontre aqui um estofador no Porto ou um estofador em Lisboa para ter um novo sofá… que parece mesmo novo! 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s